Com a pandemia, a velocidade passa a ditar o conhecimento | MAIS DADOS DIGITAL

Com a pandemia, a velocidade passa a ditar o conhecimento

Ainda não superamos o distanciamento social imposto pela covid-19, mas já é possível identificarmos alguns legados. Na quarentena, a velocidade de aprendizado das pessoas tem aumentado, já percebeu?

Isso tem acontecido porque muitas empresas como a nossa, entre diversos institutos de ensino, estão liberando cursos onlines ou promovendo treinamentos. A partir desta disponibilidade, pessoas no mundo inteiro estão rapidamente adquirindo conhecimento.

Este movimento é melhor explorado no caso dos cientistas. Usando o conhecimento e a tecnologia atual medem, calculam, corrigem e pensam a cada palavra dita, escrita, publicada, checando sempre tudo obsessivamente.

Somos treinados para sermos céticos, para falarmos sempre de maneira cautelosa sobre os atuais objetivos das pesquisas. Mas, esse comportamento funcionava bem quando uma geração de ciência e tecnologia durava mais do que uma geração humana. Hoje, tudo avança de maneira exponencial e ainda bem.

Se um patógeno como novo coronavírus surgisse há 50 anos, é possível que seus impactos na economia e nos hábitos fossem superiores ao que experimentamos com a segunda guerra.

Agora pensemos quanto tempo levou para que computadores domésticos  virassem smartphones? Aparelhos estes que agora ganham novos componentes e funcionalidades a cada ano. Não deixe de refletir também sobre como isso mudou todas as tarefas do dia a dia e tem mudado as relações humanas sejam as de trabalho ou pessoais. Sabe o que permite tantos avanços, em tantos campos e em tão pouco tempo? Um componente imprescindível com certeza é a computação em nuvem.

Por isso, a Mais Dados não esperou para começar suas mudanças. Também conseguiu em tempo recorde otimizar as condições de trabalho e dar vários passos na relação com os clientes. Passamos a oferecer diferentes formatos de conteúdo e treinamentos online para que para que nossos clientes e parceiros usufruam nossas soluções e blindem seu negócio de maiores impactos das restrições que enfrentamos nos últimos meses.

A tudo isso, devemos ao que chamamos de conhecimento acelerado. Conhecimento que está cada vez mais acessível. A Google anunciou no dia 23 de outubro deste ano, em um artigo publicado na revista Nature, que seu computador quântico havia feito algo praticamente impossível de ser feito pelos supercomputadores mais potentes. Cálculos que um supercomputador levaria dez mil anos para fazer, a nova máquina fez em pouco mais de três minutos!

Antes da covid-19 atacar a seres humanos, já havia uma corrida entre IBM, Google, Nasa, Microsoft, Amazon para o aperfeiçoamento do computador quântico: são máquinas 100 milhões de vezes mais rápidas que os melhores computadores que temos hoje. E que começaram a ser construídos há 5 anos, com os desafios trazidos pela pandemia a certeza é de que várias tecnologias serão também antecipadas.

Mais hábitos vão mudar e na era do conhecimento acelerado as empresas que estiverem 100% na nuvem poderão criar suas próprias universidades internas.

A disputa de mercado vai começar não pelos preços, mas pelas soluções e elas passarão pelo desafio do conhecimento acelerado.

Está pronto?

topo