Como a adoção da NF-e contribui para a redução da sonegação de impostos?

Lançada nacionalmente em 2013, a NF-e vem trazendo agilidade e reduzindo custos e a burocracia na emissão de Notas Fiscais. A adoção da NF-e pode trazer muito mais benefícios para a sociedade, principalmente no que se refere ao controle da sonegação de impostos.

Como os órgãos públicos conseguiram mais agilidade na transmissão das notas, isso fez com que automaticamente tenham mais controle em relação aos registros fiscais. A NF-e não acaba com a sonegação de impostos, mas fomenta estratégias de controle mais eficientes, baseadas no uso das informações, que são disponibilizadas quase instantaneamente.

Quando o software emite uma NF-e é preciso acessar a SEFAZ e receber uma confirmação para a geração da nota. Caso o CNPJ do vendedor tenha algum problema, a nota não é emitida. Com isso, o governo tem acesso a informações sobre o que cada comerciante comprou e o quanto vendeu, bastando assim conferir o estoque para saber se houve roubo ou desvio.

Alguns especialistas acreditam que em breve os cidadãos não precisarão mais fazer a declaração do Imposto de Renda, já que através das NF-e o governo saberá quanto foi gasto por ano através do cruzamento de dados. Mas isso, por enquanto, é apenas uma hipótese! O que sabemos hoje é que a adoção dessa tecnologia facilita também o controle dos gastos e despesas.

NF-e Mais

Está em busca de um serviço online de armazenamento de Notas Fiscais Eletrônicas? Conheça o NF-e Mais! A tecnologia da maisDADOS oferece a melhoria no processo de busca de documentos fiscais eletrônicos e também assegura que esses dados fiquem armazenados por um período de cinco anos de acordo com a legislação.

Com uma interface acessível pela Web e intuitivo, permite a reimpressão ou a execução de downloads dos seus XML’s de forma rápida e segura.

Fale com um de nossos consultores!

topo