Conheça a rotina de um consultor em TI e como ele pode ajudar sua empresa

Não é segredo para ninguém que a Tecnologia da Informação, aliada ao bom gerenciamento estratégico, é a principal receita para o sucesso nas organizações. É perceptível que por trás dos bons resultados no meio empresarial estão profissionais preocupados com a eficiência nos processos, com a melhoria na performance das ferramentas e soluções usadas nesse percurso e o ganho financeiro. É nesse momento que surge o papel do consultor na área de sistemas. Ele busca por soluções que viabilizam tranquilidade na rotina do cliente, unindo confiabilidade e desempenho a custos menores.

Leandro César Pereira Rocha, consultor de TI da maisDADOS, explica um pouco sobre a importância desse tipo de profissional no mercado, especialmente para o segmento de atacado e varejo.

  • Qual é a diferença entre o suporte Técnico e o consultor em TI?

Diferente do Suporte, que busca atender diretamente os problemas dos clientes, o consultor em TI tem domínio do sistema e é capaz de resolver questões relacionadas à rotina de utilização, como um consultor de processos. O consultor trabalha mais alocado no cliente e cuida especificamente do software e da utilização do programa, e não do hardware.

  • Como é o dia a dia do consultor em TI dentro da empresa em que presta seus serviços?

Uma das responsabilidades do consultor é melhorar a forma de utilização do sistema de acordo com os processos do cliente. Esse profissional verifica se as ferramentas são usadas adequadamente no negócio, questões gerenciais, jurídicas, identifica erros operacionais, problemas de rede, de comunicação e ajuda na organização do setor.

  • Na consultoria da maisDADOS, quais os principais gargalos e dores no cotidiano dos clientes?

Hoje, os principais problemas nas empresas são gerados pela falta de conhecimento do cliente sobre o sistema que será ou está sendo utilizado, a falta de investimento no setor e treinamento dos funcionários. Entre as situações mais comuns na maisDADOS encontramos:

  • Muitos clientes não sabem analisar a real margem de lucro que a empresa tem ao utilizar o sistema;
  • No atacado e varejo, é comum presenciarmos problemas de estoque. Muitas vezes os clientes não sabem usar programas que apontam o que está em excesso ou em falta no estoque;
  • Não sabem levantar o preço de venda, se o produto está com a margem adequada e precificação;
  • Desconhecem a rotina que automatiza o processo de venda dos produtos entre estados diferentes, com a emissão de todas as guias;
  • Problemas de processos: entrada de nota errada;
  • Falta de divulgação em relação a atualizações do sistema ERP.

 

  • Qual o principal foco da maisDADOS nesse tipo de atendimento?

No meu caso, o principal trabalho é fazer o cliente usar o ERP Winthor da melhor forma possível. Atualmente, 90% dos clientes de ERP são atacadistas, atacarejos e distribuidoras. Mas empresas do setor de homecenter, supermercados e indústrias alimentícios também utilizam nosso serviço.

  • Como funciona o processo de implementação do ERP Winthor?
    O processo de implementação do sistema é dividido em 4 etapas. São elas:
  • Treinamento inicial: Nessa fase o cliente alimenta os sistemas (EX: parametrização e cadastros de produtos);
  • Treinamento operacional: Nessa etapa o consultor examina as rotinas de uso diárias do processo operacional do cliente (treinamento básico e avançado);
  • Visitas regulares de inspeção
  • Virada de sistema: O consultor desliga o sistema anterior e inicia os processos totalmente no ERP. Nessa fase, caso seja necessário, o consultor também realiza treinamentos para os novos funcionários das empresas.

Ficou interessado no assunto? Se você for um empresário ou Gestor de TI, identifique se o seu negócio possui problemas como os descritos pelo Leandro e entre em contato com a maisDADOS. Ela tem como objetivo desenvolver qualquer atividade que esteja comprometida com o resultado do seu negócio.

topo