Nota Fiscal Eletrônica ajuda na redução de custos da sua empresa

Tecnologia criada para acelerar o processo de emissão de notas fiscais, a NF-e (Nota Fiscal Eletrônica) é um formato de documento fiscal, emitido e armazenado eletronicamente, com o objetivo de mostrar uma operação de circulação de mercadorias ou prestação de serviços. A NF-e veio para substituir as notas tradicionais. Além de significar um importante passo tecnológico, a implantação do sistema aumentou a agilidade do processo e reduziu custos em diversos setores. “Além de uma ferramenta de armazenamento dos seus XMLs, a pessoa tem uma garantia de que notas emitidas contra sua empresa serão salvas em poucos minutos após a sua emissão. Essas mesmas notas fiscais são validadas, para que não se tenha NF-e frias armazenadas”, explica Mária Striker, gerente de produtos da DC Tecnologia.

O sistema se integra diretamente com o software receptor da organização, enviando a nota para o cliente e para a Secretaria da Fazenda, que então autoriza a circulação da mercadoria em questão. O NF-e tem como principal diferencial a arquitetura do software utilizado, especialmente em empresas que trabalham com um grande volume de emissão de notas. Em locais que emitem muitas notas, esse tipo de ferramenta necessita de uma capacidade maior, trabalhando com filas de atendimento, que são sincronizadas para dar uma resposta mais rápida.

Em pequenos negócios, como restaurantes e comércio em geral, a tecnologia utilizada é a mesma, modificando somente a estrutura necessária. O que muda de uma empresa grande para uma menor é a capacidade de armazenamento. No primeiro caso, é preciso uma ferramenta que suporte esse maior volume, com um maior armazenamento de servidores.

De acordo com Striker, a velocidade do sistema de nota fiscal eletrônica atrai para que os empreendimentos queiram aderir ao NF-e nos próximos anos. “Como muitas empresas estão preocupadas em seguir regras de proteção ambiental, outro fator que pesa para a contratação desse serviço, além da economia de papéis, é a consequente diminuição do impacto ambiental, uma vez que elimina a nota fiscal de papel”, enfatiza.

A maisDADOS oferece um serviço online de armazenamento de NF-e, que auxilia no processo de busca destes documentos, além de assegurar que os dados fiquem armazenadas pelo período indicado pela legislação (cinco anos). “Ele garante a agilidade e segurança da informação, uma vez que a nota vai em seguida para a receita e evita a sonegação. Ou seja, é um ganho de performance operacional para todos as pessoas envolvidas”, resume Striker.

topo